Header Ads

TJ Dillashaw quer superluta entre campeões com Demetrious Johnson

____________________________

TJ Dillashaw quer superluta entre campeões com Demetrious Johnson


TJ Dillashaw retornou ao seu posto conquistado em maio de 2014, ao derrotar Renan Barão e se tornar campeão peso-galo do Ultimate. Neste último sábado (dia 4), o pupilo de Duane Ludwig nocauteou Cody Garbrandt no segundo round da co-luta principal do UFC 217, reconquistando seu cinturão tomado por Dominick Cruz em janeiro de 2016. Logo após os feito, nas entrevistas e coletiva de imprensa, o "snake in the grass" (apelido concedido por Conor McGregor) não demonstrou interesse em defender o título contra desafiantes, mas sim, um segundo feito maior ainda.

Ainda no octógono, na entrevista pós-luta, o ex-Team Alpha Male não perdeu tempo ao intimar o campeão da divisão de baixo. Afirmando que dessa vez ele possui um cinturão, e que Demetrious receberia uma bolsa milionária pela superluta:

“O Demetrious não pode fugir dessa luta, é muito grande. Ele quebrou o recorde do Anderson Silva agora [número de defesas de cinturão], eu sei, mas vamos fazer dinheiro. Ele fala de fazer uma luta de sete dígitos, então vamos lá”.

Mesmo com a alternativa de um duelo em peso-casado, TJ garantiu que pode bater 57kg, se considerando até um cara pequeno para sua faixa de peso habitual. Deixando claro que seu objetivo é conquistar um segundo cinturão:

“A razão para eu olhar para o cinturão de 57 kg é porque funciona. Eu coloco peso para lutar de 61 kg, eu não sou o maior na minha divisão, e ando com 69 kg. Mas isso porque eu sigo a dieta e me mantenho limpo desde o TUF”.

Dillashaw já foi cotado para enfrentar Johnson, garantiu que bataria o peso e pediu pela luta. Pporém, o campeão da divisão de baixo recusou, afirmando que TJ deveria conquistar o title shot fazendo ao menos duas lutas na categoria, e que foco principal no momento era quebrar o recorde de Anderson Silva da maior sequência de defesas de título consecutivas. Logo após o evento, Dana White assinalou que é uma disputa de interesse dele de realizar. Já campeão do 61kg indagou:

“Ele [Demetrious] deveria estar aberto, ele chora faz tempo sobre fazer lutas grandes. Isso faria sentido,e ele sabe que eu estou aberto a isso. E agora os dois têm cinturões”.

Fonte: AG. Fight