Header Ads

McGregor garante que venceria Mayweather caso houvesse revanche

____________________________
Em um evento de perguntas e respostas com o fãs, na Escócia, o atual campeão peso-leve do UFC, reapareceu publicamente após sua superluta no boxe contra Floyd Mayweather, em agosto. Ocasião em que o irlandês foi nocauteado no décimo round da disputa.

McGregor comentou sobre as várias possibilidades que o cercam agora. Desde o vencedor da disputa do cinturão interino da divisão até 70kg, entre Tony Ferguson e Kevin Lee, evento principal do UFC 216, que acontece no próximo sábado. Como também o encerramento da trilogia com Nate Diaz. atualmente 1-1, sendo que ambos se enfrentaram no UFC 196 e 202. Ou até uma luta nas artes marciais mistas com o seu atual desafeto, o também pugilista aposentado Paulie Malignaggi. Mas Conor enfatizou por mais tempo uma revanche com Mayweather, sendo no boxe ou no MMA, sendo que o americano gasta desenfreadamente seu dinheiro e tem problemas com o imposto de renda.

“Há muitas opções no momento. Estão lutando agora por um título interino. Poderia ser este cara. Temos a trilogia esperando com Nate Diaz. Paulie Malinaggi poderia lutar MMA. Ou então poderia trazer Floyd de volta. Mesmo no boxe ou até no MMA, como ele havia dito que faria (…) Ele tem o hábito de gastar muito e está com problemas com o IRS (fisco norte-americano), sei que poderia vencê-lo”.

"O Notório" também deu seu pitaco sobre a próxima disputa do título do peso-médio, que acontece dia 4 de novembro, no main event do UFC 217, em Nova Iorque. O lutador fez sua aposta, entre: o retorno do canadense ex-campeão dos meio-médios, Georges St-Pierre, e o atual campeão da categoria até 84kg, o inglês Michael Bisping.

“Seria mais uma luta de dinheiro, uma “money fight’, apesar de ele estar aposentado há algum tempo. Mas acho que Bisping vai chutar o traseiro de St. Pierre. Na minha opinião, é um erro GSP ter voltado logo no peso de cima após tanto tempo fora”.

Fonte: Super Lutas