Header Ads

Técnico de Conor explica como seu pupilo poderá nocautear Mayweather ainda no primeiro round

____________________________

Técnico de Conor explica como seu pupilo poderá nocautear Mayweather ainda no primeiro round


Treinado principal de Conor McGregor, desde quando o atual campeão peso-leve do UFC começou a treinar artes marciais mistas ainda na adolescência. O também irlandês, John Kavanagh, é o principal mentor de McGregor em sua carreira esportiva e o já acompanha nessa jornada há anos. Habituado a dar palpites antes das lutas do atual terceiro colocado no ranking peso-por-peso do Ultimate, Kavanagh decidiu não perder o costume e também dar seu chute para a super luta contra Floyd Mayweather. 

Em entrevista, o líder da equipe SBG Ireland indicou sua leitura do que pode ocorrer no embate de boxe entre McGregor e o multicampeão invicto Floyd Mayweather, que acontece no dia 26 de agosto (sábado), na T-Mobile Arena, em Las Vegas, Nevada.

“Quando os dois caminharem para o centro, um deles terá que dar um passo para trás. Se o Floyd fizer isso, o que eu acho que vai acontecer, prevejo no round seis”.

“Essa é a minha previsão sobre isso. Eu penso que nos cinco primeiros rounds, ele vai voltar, ele vai deitar nas cordas do jeito que ele faz, ele vai encobrir e tentar apenas absorver, tentar desgastar Conor. É assim que eu acho que ele vai abordar a luta”.

“Caso ele caminhe para frente, isso termina ainda no primeiro round. Em um minuto. Porque ele estaria lutando de um jeito que não é o seu normal e não terá tempo para desenvolver isso”.

Com total confiança na vitória de McGregor, Kavanagh também ressaltou o estilo seguro e defensivo de Mayweather, que possibilitou o mesmo a ser o que é hoje, se autopreservando nas lutas e evitando ser atingido por golpes contundentes. Mesmo assim, o treinador cravou sua previsão: triunfo do "Notório" por nocaute no sexto assalto.

“Mas acho que ele escapa do meio. Ele vai fazer aquele jogo que sabe. Vai clinchar, socar e sair. Isso vai durar alguns rounds. E como eu acredito que esse será o caso, esse será o cenário. No sexto round, acho que pode acontecer o nocaute”, concluiu.

Fonte: MMA Brasil