Header Ads

Ex-campeão de boxe abandona treinos de McGrgeor após se sentir "explorado"

____________________________
Logo quando os rumores de uma superluta entre Conor McGregor e Floyd Mayweather começaram a circular, o ex-campeão mundial de boxe peso meio-médio e atual comentarista, Paulie Malignaggi, chegou a dar declarações em tom sarcástico, caçoando do campeão irlandês e afirmando sem dúvida alguma que ele não teria chances em uma disputa profissional de boxe. 

De la pra cá, a luta foi oficialmente anunciada e os treinamentos começaram para a peleja. Paulie decidiu por conta própria auxiliar McGregor em seu camping, servindo de "sparring" e simulando McGregor em sessões que emulam os doze rounds que virão. Logo após o treino, o boxeador aposentado chegou a elogiar Conor com algumas ressalvas, já o peso-leve do UFC deu a seguinte declaração.

"Ele entrou lá dentro, tenho que respeitar isso, mas ele veio e teve a bunda dele chutada. E é isso!" - Disse McGregor em entrevista ao All Acess, do Showtime Boxing.

Alguns dias depois, algumas fotos começaram a aparecer esporadicamente. Quase como se fossem vazadas, já que a gravação original dos doze rounds interruptos entre os dois ainda não veio à público. A impressão que fica com as imagens, é que o irlandês levou a melhor, com as mão para trás e sempre em postura ofensiva atacando, Conor passou a sensação de ter dominado o sparring. Culminando na mais polêmica imagem, onde Paulie aparece caído no chão, levando todos a crerem que um "knockdown" foi aplicado por parte do lutador de MMA.

Já Malignaggi abandonou o "camping" de McGrgeor logo após o ocorrido. E se pronunciou pelo seu perfil no twitter e em entrevistas:

“Não é legal pintar uma imagem que não é verdadeira, isso foi um empurrão durante o sparring. Publique o vídeo na íntegra do round 1 ao 12 sem editar. O UFC tem câmeras por toda a academia filmando 24 horas por dia. Deixe os fãs verem o vídeo original, sem edição, dos rounds 1 ao 12. Eu vim para ajudar no camp, não para ser explorado, mas agora você terá a verdade. Publique o vídeo na íntegra de quinta-feira à noite. Eu, na verdade, acabei com ele 24 horas depois de sair de dois voos, e é por isso que estou falando para publicar o vídeo. Não quero ser mesquinho, mas está um pouco tarde para isso agora”.

Paulie também deixou claro o motivo de seu afastamento de McGregor e sua equipe: 

“Eu quero apenas deixar claro que estou saindo do camp do McGregor hoje. Vim aqui com a melhor das intenções e para ajudar. A chance de ser parte de um evento tão grande me deixou empolgado. Acredito que eu e o Conor temos um respeito mútuo dentro do ringue, que nós conquistamos um do outro após um bom trabalho em duas sessões de sparring. Estou tomando essa decisão por coisas fora do ringue e a forma como algumas coisas foram feitas no camp de treinamento, e com as quais não concordei. Não é o meu papel ditar regras em um camp de treinamento que não é o meu, mas é meu papel decidir se eu quero fazer parte disso. Eu não vou divulgar nenhuma informação tática sobre o que vi nessas duas sessões de sparring com o Conor. Eles têm a minha palavra. Sobre as coisas que me chatearam, eu falarei quando for a hora. Eu desejo o bem do time McGregor na continuação de sua preparação e espero voltar a Vegas para trabalhar na semana da luta com o Showtime”.

Também justificando sua saída, citando como um dos principais fatores que o desagradaram: a "arrogância" de Conor.

“Meu problema com o Conor é a sua arrogância. A arrogância ao ponto onde ele não consegue progredir, ele não quer aprender – ele quer apenas um monte de caras que dizem sim ao seu redor. Ele não quer que falem o que ele está fazendo de errado, ele não quer que digam o que ele precisa para progredir ou o que precisa para mudar certas coisas. O que quer que ele esteja fazendo, ele só quer que digam o quão bem ele está indo”.

Finalizando suas críticas em tom deboche, afirmando em suas redes sociais que o campeão peso-leve do Ultimate não aguenta golpes no corpo.

Quando olho para trás e vejo a experiência como um todo, não só o sparring mas o todo, não tenho dúvidas de que havia uma agenda por trás disso tudo. Mas na próxima semana vou começar a discutir o que aconteceu. Ele geme como uma menina quando é acertado no corpo".



Confira as imagens vazadas da sessão de sparring entre Conor McGregor e Paulie Malignaggi: 






Fontes: Combate e AG. Fight