Header Ads

Dana White defende McGregor: "Estou orgulhoso dele"

____________________________

Dana White defende McGregor: "Estou orgulhoso dele"


A luta do século entre Floyd Mayweather e Conor McGregor de fato aconteceu. O campeão peso-leve do UFC chegou a dominar ofensivamente os primeiros quatro rounds, porém, deveu no gás e teve uma queda bruta de rendimento até o final da luta.

Mayweather começou a caminhar para frente e conectar diversos golpes limpos no irlandês, que a cada assalto demonstrava mais cansaço e menos condições de se defender de forma eficaz do avanço de seu adversário. Até que no décimo round, o "Notório" foi atingido por uma sequência limpa de golpes conectados por "Money", e o árbitro Robert Byrd enxergou como suficiente interrompendo a luta de decretando vitória do pugilista americano, por nocaute técnico.

Dana White, presidente do Ultimate e talvez a figura mais importantes nas negociações entre UFC e boxe para que a superluta de fato acontecesse, saiu em defesa de seu atleta. Reconhecendo a performance de Conor por chegar ao décimo round com o talvez melhor boxeador da história, e ser um dos únicos a atingir mais golpes em Mayweather, acima de nomes como: Manny Pacquiao, Miguel Cotto e Shane Mosley.


"Estou orgulhoso dele. Não foi a luta que eu esperava, foi bem diferente. Quando você entra no boxe profissional… Ele lutou dez rounds contra um dos melhores de todos os tempos. Muitas pessoas estavam negativas, e Conor pareceu incrível. Nas últimas lutas ninguém atingiu o Floyd mais de 100 vezes, e o Conor acertou ele 110 vezes em dez rounds. Estou muito orgulhoso. Quando você entra no boxe profissional, e começa com quatro, seis rounds, dez rounds. Ele começou com 12. McGregor é um grande lutador, colocou tudo lá, esteve no ringue. Os grandes sempre se arriscam e Conor McGregor é assim".




Fonte: UOL