Header Ads

Dana White garante que St-Pierre disputará cinturão dos meio-médios assim que retornar

____________________________

Dana White garante que St-Pierre disputará cinturão dos meio-médios assim que retornar 


O brasileiro peso meio-médio, Demian Maia, parece ter conquistado sua chance de disputar o título de sua categoria, após derrotar por decisão dividida Jorge Masvidal no card principal do UFC 211, e enfileirar sua sétima vitória consecutiva na divisão. Logo após o anúncio do vencedor, Dana White garantiu a Demian o "title shot" e que em sua próxima luta já enfrentaria o campeão Tyron Woodley.

Mas parece que o caldo vem engrossando mais uma vez para o paulista. Sendo que o ex-campeão da categoria, Georges St-Pierre, já tinha confirmado seu retorno ao MMA depois de três anos inativos, encarando Michael Bisping pelo cinturão dos médios, no UFC 213, em julho. Porém, mesmo após uma coletiva de imprensa e a confirmação oficial, o canadense deu para trás e avisou à todos que só poderia estar voltando em outubro.

Em entrevista, White declarou que a ideia é ainda colocar St-Pierre em um disputa pelo título em seu "comeback", mas não mais pelo dos médios (83kg), mas sim pelo de sua antiga categoria de peso, o dos meio-médios (77kg), atualmente nas mãos de Woodley.

O presidente do UFC afirmou:

“[St-Pierre] disse que ele vai lutar com quem quer que seja o campeão dos meio-médios quando ele voltar”.

A notícia pode ser preocupante para Demian, que mesmo com a disputa garantida pode assistir uma furada de fila novamente. O foco do Ultimate agora é casar super lutas e atrair grandes vendedores de pay-per-view, como St-Pierre já foi no passado. Sendo que 2016 foi o maior anos fiscal da história do UFC, com vários eventos numerados superando a marca de 1 milhão de vendas de pacote, porém, em 2017 a organização não está podendo contar com nomes como: Conor McGregor, Ronda Rousey, Jon Jones e cia.

Fonte: AG. Fight