Header Ads

Anthony Johnson anuncia aposentadoria do MMA, aos 33 anos de idade

____________________________

Anthony Johnson anuncia aposentadoria do MMA, aos 33 anos de idade


Após a polêmica no co-evento, sobre o possível "golpe ilegal" que Gegard Mousasi desferiu contra Chris Weidman. O discurso acalorado de Daniel Cormier logo após o duelo, atacando Jimi Manuwa e Jon Jones. O que parece ter roubado a cena nessa última edição numerada (UFC 210), foi o anúncio de Anthony Johnson, que decidiu pendurar as luvas a essa altura do campeonato.

Aos 33 anos de idade, Johnson decidiu declarar sua aposentadoria logo após sua segunda derrota em uma disputa pelo título dos meio-pesados do Ultimate, sendo mais uma vez sendo dominado no wrestling e finalizado por Cormier. Mesmo adotando a estratégia errada no confronto, "Rumble" disse já estava decidido a parar no esporte, com uma derrota ou vitória na noite.

"Não tenho desculpas, perdi a luta para um cara melhor. DC é muito talentoso, parabéns para ele. Isso é algo que tenho que fazer para mim, amo os fãs e esta é minha última luta. Ainda não falei para Dana White, não falei para ninguém, não queria nenhuma distração. Eu me comprometi com outro trabalho, algo que queria fazer há muito tempo, diferente do MMA. Estou cansado de levar socos - declarou o americano, sem entrar em detalhes sobre sua futura ocupação".

Anthony Johnson sai de cena do MMA profissional com ao todo dez anos de carreira, 22 vitórias, 6 nocautes e notáveis triunfos, sobre nomes como: Dan Hardy, Andrei Arlovski (ex-campeão peso-pesado do UFC), Phil Davis, Antônio "Minotouro" Nogueira, Alexander Gustafsson, Jimi Manuwa, Ryan Bader e Glover Teixeira.

Fonte: Combate