Header Ads

Anderson: “Weidman teve sorte por algum tempo, e agora acabou”

____________________________

Anderson: “Weidman teve sorte por algum tempo, e agora acabou”



Chegou a vez de Anderson Silva comentar a o pelêmica do última sábado (dia 8), na co-luta principal do UFC 210, entre os pesos-médios Chris Weidman e Gegard Mousasi.

Weidman que já enfrentou o brasileiro duas vezes, derrotando "Spider" em ambas. No UFC 162 em julho de 2012. Quando nocauteou Anderson, acabando com a invencibilidade de anos do brasileiro e sendo o primeiro lutador a colocar as mãos no cinturão dos médios que havia ficado em posse de Silva, por mais de sete anos. E na segunda ocasião, no UFC 168, em dezembro de 2013, quando derrotou mais uma vez o paulista/curitibano, sendo responsável pela lesão mais grave da carreira do ex-campeão, uma fratura na perna.

Em coletiva de imprensa na terça-feira (dia 11), para promoção do UFC 212 que acontece no Rio de Janeiro, evento do qual Anderson fará parte (ainda sem adversário confirmado, após a saída de Kelvin Gastelum), Silva foi questionado sobre a última luta de seu algoz americano contra Mousasi.

O brasileiro reconheceu que houve um erro por parte do árbitro na interrupção, mas também deixou claro de que do seu ponto de vista a boa fase de Weidman passou. E toda a invencibilidade e sequências de vitórias no MMA foram pura sorte, sendo que atualmente o "All-American" vem de três derrotas consecutivas (todas por nocaute) para Luke Rockhold, Yoel Romero e Chris Weidman.

Anderson Silva disse:

“Eu vi rapidamente um clipe que me mostraram no telefone. A regra é muito clara: ele não tinha a mão no chão. Então, ele levou a joelhada, e a joelhada foi legal. A regra é clara. Se ele tivesse as mãos no chão, quatro pontos de contato, você não pode bater nele. O Mousasi ergueu ele quando acertou. Foi um erro do árbitro, obviamente, e quando ele botou as mãos dele de volta ali, ele ficou sem defesa. Mas essas coisas acontecem. Weidman é um cara de muita sorte, e desta vez ele não teve sorte. Ele é muito sortudo, mas sua sorte acabou. Ele teve sorte por algum tempo, e agora acabou”.


Fonte: Combate