Header Ads

Ronda Rousey: "A derrota me salvou"

____________________________

Ronda Rousey: "A derrota me salvou"


Parece que a ex-campeã peso-galo feminino do UFC, Ronda Rousey, começou a enxergar sua última e única derrota com bons olhos. Em novembro de 2015, no evento principal do UFC 193, Rousey foi nocauteada pela até então desafiante Holly Holm, no segundo round de luta. 

Passado mais de um ano após o revés, a americana revelou acreditar que o nocaute "salvou" sua carreira e vida pessoal:

“A derrota para Holly Holm me salvou. Eu estava me tornando o tipo de pessoa que odeio. O tipo de pessoa que vive a vida para impressionar os outros. Que coloca uma máscara para o mundo admirar, que faz questão de divulgar qualquer ato de caridade para ganho pessoal de imagem.”

Questionada também sobre a redução nas entrevistas concedidas e aparições em programas de TV, Rousey respondeu estar muito concentrada em sua próxima luta, do que conceder favores a terceiros: 

“Essa não é a hora para fazer favores de m…É hora da vingança, é hora da redenção.”

Rousey desafia a campeã brasileira, Amanda Nunes, pelo título feminino do peso-galo, no evento principal do UFC 207, dia 30 de dezembro.

Fonte: Super Lutas