Header Ads

Pettis não bate o peso e cinturão interino valerá apenas para vitória de Holloway

____________________________

Pettis não bate o peso e cinturão interino valerá apenas para vitória de Holloway


O ex campeão peso-leve e agora lutador peso-pena, Anthony Pettis, não foi capaz de bater o peso da categoria na pesagem do UFC 206, desta sexta-feira.  antes ainda irá enfrentar o havaiano Max Holloway (2 colocado no ranking da divisão), porém perdeu a chance de conquistar o título interino dos penas, caso vencer seu oponente o resultado da disputa só coroará o campeão interino caso quando vai vencer a luta.

Essa é a segunda apresentação de "Showtime" na categoria até 65,8 kg, em seu primeiro duelo contra, o brasileiro Charles do "Bronx" Oliveira, o americano demonstrou extremo desgaste físico e dificuldade em bater o peso, agora Pettis não foi nem capaz de se manter no limite da divisão.

Recentemente em entrevista, Antony declarou estar acima de McGregor, fazendo alusão a última derrota de Holloway, para  irlandês:

“Eu vejo Max como uma versão mais jovem de mim mesmo: bruto, naturalmente talentoso e ele quer isso de verdade. Mas eu tenho as habilidades prontas para vencer esse garoto. O único outro trocador do meu nível que ele enfrentou foi Conor McGregor. Conor tem uma boa mão esquerda e alguns chutes razoáveis, já eu tenho finalizações, wrestling. Eu tenho tudo. Sou o pacote completo.”

Após o ocorrido na pesagem, o treinador de Conor, o também  irlandês John Kavanagh, disparou em sua conta no Twitter: 

Assim, o evento principal do UFC 206 que acontece em Toronto, no Canadá, fica mais uma vez comprometido. Sendo que era se esperado inicialmente que o campeão meio-pesado Daniel Cormier fizesse sua segunda defesa de título contra Anthony Johnson, porém, uma lesão o forçou a abandonar a luta e excluiu Johnson do card da edição numerada.

Agora, a disputa do título interino dos penas ficou comprometida, o combate só valerá o cinturão caso Maz Holloway triunfe, do contrário, se Pettis derrotar seu oponente na luta de cinco rounds, não valerá de quase nada. 

Fonte: Combate