Header Ads

St-Pierre quer luta com Bispng, mas diz que "infelizmente não vai acontecer"

____________________________

St-Pierre quer luta com Bispng, mas diz que "infelizmente não vai acontecer"


Atual campeão dos pesos-médios do UFC, Michael Bisping afirmou nesta semana que chegou a um acordo verbal para enfrentar Georges St-Pierre, ex-campeão peso-meio-médio da organização e afastado do esporte desde 2013, no UFC 206, dia 10 de dezembro, em Toronto, Canadá. Pelas redes sociais, ele fez um apelo ao ídolo canadense para deixar suas demandas salariais de lado e “assinar o contrato”.

Na tarde desta quarta-feira, St-Pierre respondeu ao lutador inglês através de um vídeo postado em sua conta pessoal no Twitter. GSP se mostrou interessado no confronto, mas afirmou que não conseguiu resolver as questões contratuais que vêm impedindo seu retorno ao octógono.

“Nada me deixaria mais feliz no mundo do que enfrentá-lo em Toronto, Michael. Na semana passada, eu me reuni com Ari (Emanuel, um dos novos proprietários do UFC) e fiz as pazes com Dana (White, presidente do UFC), tentei resolver as coisas, mas infelizmente, agora, não vai acontecer. Espero que as coisas mudem em breve. Obrigado”, disse o lutador canadense.

Georges St-Pierre não luta desde 2013, quando anunciou que estava tirando um “hiato” do MMA. O canadense abriu mão do cinturão, o qual havia defendido nove vezes consecutivamente. Este ano, o lutador revelou que pretendia voltar a competir. Contudo, na semana passada, afirmou que estava livre para negociar com outras organizações de MMA, o que foi negado pelo UFC poucas horas depois. Os rumores são que conflitos entre os patrocinadores pessoais de GSP e os patrocinadores oficiais do Ultimate estariam atrapalhando o acerto entre as partes para seu retorno.