Header Ads

McGregor admite abrir mão de um cinturão caso vença Alvarez

____________________________

McGregor admite abrir mão de um cinturão caso vença Alvarez


Quando Dana White, presidente do Ultimate, anunciou a luta de Conor McGregor, campeão dos penas, com Eddie Alvarez, campeão dos leves, no UFC 205, valendo o cinturão dos leves, o “Big Boss” apontou: “Se Conor vencer, terá que escolher e abrir mão de um título”. Na época, o irlandês disse que seria preciso um “exército” para tirar um dos cinturões. No entanto, ao que parece, a história começa a mudar de direção.

Em entrevista, o irlandês deu um passo atrás e admitiu que irá ceder aos desejos de Dana – abrindo mão de um cinturão -, para que não trave uma das divisões, entretanto, ele fez um pedido.

“Preciso ver as imagens com um cinturão em cada ombro primeiro. Deixe-me ir para o centro do octógono e levantar os dois títulos mundiais, o que nunca foi feito antes. Deixe-me fazer isso. Eu sempre vou fazer o que é o certo, mas antes quero olhar algumas fotos minhas com os dois cinturões e abraçá-los durante um dia”, revelou o lutador que, caso vença também na divisão dos leves, será o primeiro a conquistar duas categorias dentro do Ultimate de forma simultânea, fazendo história no esporte e na organização.

O fato do UFC ter aceitado o pedido de Conor e concedido o title shot na divisão dos leves tem ecoado de maneira negativa em outros lutadores. O brasileiro José Aldo chegou a anunciar que está se retirando do MMA. Já Khabib Nurmagomedov mostrou toda sua insatisfação ameaçando que irá abandonar o evento.