Header Ads

Bisping quer enfrentar Nick Diaz: "Se ele topar, irei enfrentá-lo"

____________________________

Bisping quer enfrentar Nick Diaz: "Se ele topar, irei enfrentá-lo"


Vindo de vitória sobre Dan Henderson no UFC 204, onde fez sua primeira defesa de cinturão, o campeão dos médios Michael Bisping disse que queria um tempo para descansar e curtir sua família, mas voltaria a lutar o quanto antes caso um certo lutador topasse desafiaá-lo pelo cinturão. Durante o "The Countdown", programa de rádio apresentado pelo inglês, Bisping comentou que gostaria de enfrentar ninguém mais do que Nick Diaz e que estaria pronto para o norte-americano em 10 dezembro, data em que ocorrerá o UFC 206.

"Nick Diaz seria um cara que com certeza daria um show junto de mim. Sei que serei criticado por dizer isso, mas já houve conversas de pessoas dizendo antes que queriam nos ver lutar. A última luta dele foi contra Anderson Silva pelos médios, então se ele topar lutar comigo, eu irei enfrentá-lo. Quero voltar o quanto antes, de preferência no UFC 206. Estava pronto para descansar e curtir meu tempo como campeão ao lado da minha família, mas agora coloquei isso na cabeça e quero fazer essa luta", afirmou.

Bisping também comentou sobre os duelos entre Chris Weidman e Yoel Romero, no UFC 205, e Ronaldo Jacaré e Luke Rockhold, no UFC Melbourne. Para o inglês, quem vencer de maneira mais espetacular será seu próximo adversário - caso ele não consiga fazer o duelo contra Nick Diaz.

"Acho que qualquer um deles está no páreo e quem vencer de maneira mais dominante irá me enfrentar. Vou enfrentar qualquer um deles e tenho certeza disso. Dos quatro, já venci o Rockhold e sinto muita vontade de enfrentar o Weidman. Mas não negaria o desafio a ninguém, então pode vir qualquer um deles que estarei pronto", finalizou.