Aldo: “Se não for pra lutar no UFC, não luto em lugar nenhum”

____________________________

 Aldo: “Se não for pra lutar no UFC, não luto em lugar nenhum”


José Aldo insiste na ideia de aposentadoria. No entanto, o seu treinador principal, Dedé Pederneiras, está tentando mudar a cabeça do ex-campeão. Em entrevista, o brasileiro conta que tem uma reunião marcada com o UFC para resolver o seu futuro:

“Há uma reunião agendada para essa semana e vamos ver se tudo vai se resolver. Vou para Las Vegas no dia 19. Antes, vou sentar com o Dedé essa semana, ele está tentando mudar um pouco a minha cabeça, mas não tem como. Eu estou muito decidido sobre o que eu quero.”

Apenas uma coisa é certa: José Aldo não irá sair do UFC para lutar em outra organização.

“Não é questão de querer me aposentar. Sou muito novo e tenho muita lenha pra queimar, mas não tenho vontade de lutar. E não é o caso de querer ir pra outra organização. Não vou sair do maior evento do mundo pra jogar na Série B. Sou time grande, se não for pra lutar no UFC, não luto em lugar nenhum.”

Sobre o Ultimate, o manauara acredita que a crise entre os lutadores e a organização está sendo causada por falta de diálogo:

“Não faltou diálogo só comigo. O que aconteceu comigo eu já vi acontecer com outros lutadores. Sempre procurei defender outras pessoas, como o Jacaré. Já era para ele ser o campeão. A minha obrigação é chegar lá dentro e lutar.  Se eu quiser me aposentar, pelo contrato, eu vou conseguir. Vou sentar e não luto mais.”

Aldo planeja se dedicar a outros projetos no Brasil, mas o contrato com o Ultimate ainda o prende:

“Quero fazer outras coisas no Brasil, não é lutar MMA. Se algum dia eu pensar em voltar ao MMA, vai ser pro UFC, que é onde eu mereço estar. Quero me liberar do contrato porque ele me impede de fazer várias coisas que eu quero. Não posso nem respirar fora do UFC.”





Share on Google Plus

About Writer

UDMM - Mundo das Lutas - Eventos do UFC, Notícias e muito mais - Desde 2014.