UFC garante disputa de cinturão imediata à Ronda Rousey

____________________________

UFC garante disputa de cinturão imediata à Ronda Rousey


 Ronda Rousey será a primeira desafiante ao cinturão dos galos recém conquistado por Amanda Nunes. Isso se ela quiser. Quem disse foi o presidente do UFC, Dana White, em entrevista.

 Dana disse:

“A Ronda vai tomar essa decisão. Eu gostaria de vê-la lutar esse ano, mas pode ser no início do ano que vem também. Seja quem for a campeã no momento, a Ronda irá enfrentar”.

 Caso Ronda não retorne a tempo, o mandatário sugeriu que Holly Holm, que encara Valentina Shevchenko na luta principal do UFC de Chicago, dia 23 de julho, pode ser a desafiante.

 White complementou:

“Se a Ronda voltar, vai ter o title shot. Vamos ver o que acontece com Holly Holm em sua próxima luta também. Vai ser ótima”.

 Rousey não luta desde novembro de 2015, quando foi brutalmente nocauteada ainda no primeiro round por Holly Holm, sendo destronada e perdendo seu cinturão.  De lá pra cá, Holm foi finalizada (em sua primeira tentativa de defesa de título) por Miesha Tate, no 5º round do UFC 196, o mesmo aconteceu recentemente com Tate no UFC 200, sendo nocauteada no primeiro round pela brasileira Amanda Nunes.

 O cinturão peso-galo feminino mantém essa inconsistência de campeãs, sendo que até o momento nenhuma lutadora conseguiu fazer sequer uma defesa, fora Ronda, que ao todo foram seis.


Share on Google Plus

About Writer

UDMM - Mundo das Lutas - Eventos do UFC, Notícias e muito mais - Desde 2014.