Jon Jones chora e se desculpa com todos

____________________________

Jon Jones chora e se desculpa com todos


 Na noite de quarta-feira (dia 7), Jon Jones foi retirado da luta principal do UFC 200 após ser notificado sobre uma potencial violação na política antidoping.

 Nesta manhã de quinta-feira, Jones e seu empresário estiveram presentes em uma coletiva de imprensa em Las Vegas, para explicar a situação.

 Jones visivelmente emocionado, se desculpou com os fãs, o UFC e Cormier:

 “Bom dia. Eu quero primeiramente me desculpar com os fãs que vieram para assistir ao UFC 200, com o UFC, que fez de tudo para fazer desse evento o máximo, e com Daniel Cormier. Essa luta significava muito para mim, e sinto que ela não vá acontecer. Não sei mais o que dizer. Essa situação é horrível, e me machuca muito. Parece que uma das minhas amostras continha uma substância proibida, que não sei qual é. Estou devastado, porque ser marcado como alguém que rouba no jogo é terrível”.

 O campeão interino acredita não ter feito o uso de substâncias proibidas que melhoram seu desempenho:

 “Minha intenção é simplesmente continuar a lutar e arrumar minha vida pessoal. Nada acontece por acaso, e acho que Deus tem um plano para mim, Vou tentar me manter otimista para escalar novamente a montanha. Não tive a chance de falar com Daniel, mas quero pedir desculpas pelo que aconteceu. É difícil falar sobre o que aconteceu. Me desculpem por estar chorando. Tenho que seguir em frente. Falei com Lorenzo Fertitta e disse que não trapaceei. Já usei substâncias que não tinham nada a ver com melhora de performance, e estou comprometido com a minha carreira”. 

 O lutador abandonou a coletiva de imprensa, apenas sete minutos após o início, deixando seu empresário respondendo as demais perguntas dos repórteres.


Share on Google Plus

About Writer

UDMM - Mundo das Lutas - Eventos do UFC, Notícias e muito mais - Desde 2014.