Jacaré: "Vou perder umas lutas para ver se disputo o título!"

____________________________

 Jacaré: "Vou perder umas lutas para ver se disputo o título!"


 O lutador Ronaldo Jacaré ainda está engasgado com o anúncio de que Dan Henderson será o desafiante de Michael Bisping pelo título dos médios do UFC. O brasileiro se recusa a acreditar nas palavras do presidente do Ultimate, Dana White, que confirmou a peleja em entrevista coletiva logo após o UFC 200.

 “Não gostei dessa declaração (do Dana, confirmando Bisping x Hendo). Nem eu nem os 12 que estão na frente do Dan Henderson no ranking. Mas acredito que quem manda são os fãs e a gente pode virar esse jogo. E acredito que, no mínimo, ele tem que escolher uma luta que faça sentido. Tem eu, tem o Rockhold e tem o Chris Weidman. Então ele escolhe uma luta que faça sentido, e não uma que não faz sentido algum”.

 O brasileiro revela que esteve em Las Vegas durante a semana no UFC 200 para conversar com Dana ou algum matchmaker da organização, mas não foi atendido. Indignado, ele respondeu ainda aos comentários de que não tem poder de venda para a franquia e disse que Bisping deveria enfrentar Belfort se quisesse tanto fazer uma revanche.

 “Não vejo como praticamente definida essa luta. Até porque ainda não assinaram o contrato e enquanto não assinam, quem mandam são os fãs. E os fãs não estão gostando dessa palhaçada. Ele é um cara que não se credenciou para lutar pelo cinturão. Vejo meu esporte como se fosse uma Olimpíada. Tem um nadador que é super casca-grossa, Cesar Cielo, super campeão olímpico. E não se classificou, não vai vir para essa do Rio. E tem o Michael Phelps, que é uma fera, se classificou, está vindo para as Olimpíadas. Então eu penso assim: se classificou, luta. Não se classificou, não luta. E Dan Henderson, você não está classificado para lutar. Isso tem me deixado triste. Vou perder umas lutas aí também para ver se ganho essa chance de lutar pelo cinturão”.


Share on Google Plus

About Writer

UDMM - Mundo das Lutas - Eventos do UFC, Notícias e muito mais - Desde 2014.