Brock Lesnar afirma que pretende seguir no MMA após o UFC 200

____________________________

Brock Lesnar afirma que pretende seguir no MMA após o UFC 200


 Nesse sábado (dia 9), será sediado na inauguração da T-Mobile Arena, em Las Vegas (EUA), a histórica edição 200 do UFC. A co-luta principal do evento será protagonizada pelo retorno do americano ex-campeão peso-pesado do UFC, Brock Lesnar, e o neozelandês 8º colocado no ranking da categoria, Mark Hunt.

 Lesnar já conquistou o cinturão dos pesos-pesados em 2008, no UFC 91 (contra Randy Couture), com apenas 4 lutas em seu cartel profissional de MMA. O ex-campeão possui 8 lutas, ostentando 5 vitórias e 3 derrotas. Em 2011, no UFC 141, Lesnar anunciou sua aposentadoria após duas derrotas seguidas para Cain Velasquez e Alistair Overeem, afirmando uma queda em seu rendimento por sofrer de diverticulite. Até ter seu retorno anunciado em um vídeo promocional do UFC 200.

 Já Hunt é um experiente e perigoso peso-pesado, conhecido por sua famosa mão pesada e poder de nocaute, o neozelandês já derrotou nomes como: Wanderlei Silva, Mirko Cro cop, Bem Rothwell, Stefan Struve, Roy Nelson, Antônio “Pezão” Silva e Frak Mir.

 Em entrevista, o ex-campeão peso-pesado Brock Lesnar declarou:

 “Eu não sei. Eu me sinto muito bem. O camp de treinamento foi ótimo, eu estou feliz. Estou feliz com minha vida, feliz com tudo. Sim, desde que eu deixei o octógono, após ser batido pelo Overeem e meio que sendo forçado a sair do octógono por conta da minha doença, isso tem me assombrado por muito tempo. Aqui estou e, antes que seja tarde demais, quero voltar ao octógono e me divertir com isso. O que importa é se divertir”.

 Lesnar também declarou ter planos diferentes, e que é possível que siga no MMA após o UFC 200:

 “Eu acredito que eu nasci pra ser um lutador, um cara do entretenimento e lutar MMA é uma dessas coisas para mim, eu quero voltar. Não é segredo que eu fui forçado a deixar essa competição por causa da doença que tive, eu tentei ser o competidor que eu queria ser, mas é difícil quando você tem uma doença e luta contra ela também. Eu estou em uma condição completamente diferente agora, seja mental o fisicamente. Antes de me tornar um homem de 40 anos, eu quero voltar ao cage”.



UFC 200
9 de julho de 2016, em Las Vegas (EUA)

CARD PRINCIPAL (a partir de 23h de Brasília):

Peso-galo: Miesha Tate x Amanda Nunes - Disputa do cinturão peso-galo feminino
Peso-pesado: Brock Lesnar x Mark Hunt
Peso-meio-pesado: Anderson Silva x Daniel Cormier
Peso-pena: José Aldo x Frankie Edgar - Disputa do cinturão interino peso-pena 
Peso-pesado: Cain Velásquez x Travis Browne

CARD PRELIMINAR (a partir de 20h de Brasília):

Peso-galo: Cat Zingano x Julianna Peña
Peso-meio-médio: Johny Hendricks x Kelvin Gastelum
Peso-galo: TJ Dillashaw x Raphael Assunção
Peso-leve: Sage Northcutt x Enrique Marin
Peso-leve: Diego Sanchez x Joe Lauzon
Peso-médio: Gegard Mousasi x Thiago Marreta
Peso-leve: Jim Miller x Takanori Gomi
Share on Google Plus

About Writer

UDMM - Mundo das Lutas - Eventos do UFC, Notícias e muito mais - Desde 2014.