Aposentadoria não está nos planos de Anderson Silva

____________________________

Aposentadoria não está nos planos de Anderson Silva


O tempo é quem manda. Chega uma hora que é hora de partar.  Não há dúvida de que está chegando a hora em que as luzes do palco irão se apagar para para a carreira de lutador Anderson Silva, ex-campeão dos médios, mas aos 40 anos o brasileiro não tem planos para a aposentadoria a qualquer momento.

Silva manteve o título de outubro de 2006 até julho de 2013, quando Chris Weidman lhe tomou o cinturão na luta principal do UFC 162. Uma revanche imediata foi marcada para o UFC 168, em dezembro do mesmo ano. Weidman estava no controle da luta, quando Silva quebrou a perna e foi aquela cena  horrível no início do segundo quadro.

Na ocasião, muitos pensaram que "The Spider" jamais voltaria, mas ele voltou 13 meses depois, entrou no octógono no UFC 183 para enfrentar  Nick Diaz e venceu por decisão unânime, mas o resultado foi mais tarde alterado sob acusação de uso substâncias drostanolone e androsterona, substâncias proibidas.

O brasileiro acabou tomando uma suspensão de 12 meses, juntamente com uma multa pesada. Sua suspensão termina em 31 de janeiro e ele tem uma luta reservado contra Michael Bisping marcada para 27 de fevereiro

Apesar dos apelos para ele pendurar as luvas, Silva não está pronto para se afastar de luta.

"Eu sinto que a luta é algo que eu tenho feito muito bem e ainda fazer muito bem. Estou bem treinado e motivado e motivação vem de dentro e, enquanto eu estou motivado e animado para continuar lutando, vou continuar fazendo isso enquanto o meu corpo vai me deixar fazer isso. Eu me sinto ótimo. Estou motivado ", disse ele durante uma teleconferência de mídia.

"Depois da minha última luta, eu tive uma discussão com a minha família, explicou aos meus filhos o que estou fazendo, por isso que eu estou fazendo isso, e meus filhos estão completamente me apoiar e que, com o apoio da minha família e minha motivação, eu estou aqui e eu vou lutar por tanto tempo quanto o meu corpo e minha motivação passado ", acrescentou.

É o desafio e provar os opositores errado que motiva Silva para continuar.

"Eu estou preparado para lutar contra quem o UFC coloca na frente de mim, mas a minha grande motivação é que um monte de pessoas me contou e eu acredito, e sempre acreditei, que eu posso fazer coisas que as pessoas pensam que são impossíveis, " ele disse.

"Muita gente acha que é loucura. Um monte de gente acha que é impossível. Assim, com todas essas pessoas pensando que, isso é o que está me motivando para provar que estão errados e seguir o meu sonho. "

Anderson Silva

Share on Google Plus

About UDMMA - Mundo das Lutas

UDMM - Mundo das Lutas - Eventos do UFC, Notícias e muito mais - Desde 2014.