UFC 187 - Johnson x Cormier 23/05/2015

____________________________

 UFC 187 AO VIVO Canal Combate - 23/05/2015 - Como Assistir - Transmissão 

 

Por João Monteiro
 Neste sábado, dia 23, será realizado o UFC 187, já no tradicional MGM Grand Garden Arena em Las Vegas, Nevada. Haverá duas disputas de título, que são esses o cinturão dos médios e o dos meio-pesados.
 Desde quando o evento foi anunciado, a luta principal era esperada ser realizada pelo ex-campeão dos meio-pesados, Jon Jones e o atual desafiante número um, Anthony Johnson.

Após passar por quatro categorias do UFC, Johnson conseguiu se encontrar nos meio-pesados, e após nove vitórias seguidas sendo três delas na organizações sobre importantes nomes da categoria, Johnson se candidatou como desafiante ao título. Sua empreitada no UFC começou em cima do experiente Phil Davis, Johnson soube anular todo o seu jogo de wrestlling e prosseguiu a luta magoando o rosto do adversário, desferindo duros golpes na trocação. Já com o brasileiro Rogério "Minotouro", Johnson não teve muito esforço, fechando o combate com um nocaute técnico em apenas 44 segundos de luta. E o mais recente e chocante de todos, foi o nocaute fulminante em cima do sueco Alexander Gustafsson, ainda no primeiro round, sendo que  Gustafsson se encontrava no 1º lugar do ranking da categoria antes da luta.
 Em Setembro de 2013, no UFC 165, Gustaffson enfrentou o ex-campeão da categoria, Jon Jones, numa luta extremamente agressiva e disputada, Jones conseguiu a vitória por decisão unânime. Um resultado extremante polêmico, pois muito viram a vitória de Gustaffson, o creditando como o único homem a derrotar o campeão.


Obs: Todos os principais videos das lutas do UFC 187 você encontrará em nossa página acima.
 Após a luta, Jones defendeu seu cinturão mais duas vezes, contra o brasileiro Glover Teixeira e o wrestler americano, Daniel Cormier. Já Gustaffson enfrentou e derrotou por nocaute técnico o nigeriano, Jimi Manuwa, no UFC Fight Night 38, em Março de 2014. Após a derrota de Cormier para Jones, o combate inevitável era entre os tops da categoria, o credenciado Johnson e o único homem que chegou perto de bater (ou bateu) o campeão, Gustaffson. 
 Como já citado antes, ao término de um chute frontal lento de Gustaffson o mesmo foi surpreendido com um overhand de Johnson, que resultando em um knockdown , foi questão de tempo até que Johnson caçasse o sueco pelo octógono e findasse o seu nocaute.
 Mais do que merecido, Johnson teve sua oportunidade de disputar o cinturão da categoria dos meio-pesados contra Jones, assim foi confirmado o UFC 187. Porém Jones se envolveu em um acidente de carro, no qual fugiu sem prestar socorro à vítima do outro veículo, que era uma mulher grávida que quebrou o braço na batida. A polícia encontrou vestígios de maconha no interior do veículo de Jones. Logo mais tarde o campeão se apresentou em uma delegacia de Albuquerque onde ficou por 3 horas, após a averiguação, Jones pagou multa e foi liberado.
 Jones já tinha se envolvido em outro acidente automobilístico em 2012, dirigindo embriagado o lutador bateu em uma árvore. E no começo do ano, foi testado positivo para uso de cocaína em seu exame antidoping.  
 Quando Dana White ficou sabendo do ocorrido, ele e mais outros organizadores do evento decidiram suspender o lutador por tempo indeterminado, retirando seu cinturão e deixando o título da categoria vago.  
 Cormier aproveitou a situação e assim que recebeu a notícia, ligou para os dirigentes do UFC se oferecendo para a vaga deixada por Jones, assim salvando o evento.
 Johnson é um boxeador com poder de punch e precisão nos golpes, já Cormier é o wrestler olímpico, com cárdio e extrema e força em seu suplexs e quedas.
 O co-main evente  terá o atual campeão invicto do peso médio, Chris Weidman e o experiente e já duas vezes campeão no UFC, Vitor Belfort.
 Muito se especula sobre essa luta, sendo que a mesa já foi adiada três vezes. A primeira foi decorrente das mudanças impostas pela comissão atlética de Nevada referente ao TRT (tratamento de reposição de testosterona) que afetava diretamente Vitor Belfort, e as outras duas vezes foram devidas a lesões de Weidman.
 Vitor é extremamente explosivo e perigoso, vindo de três nocautes seguidos sobre: Michael Bisping, Luke Rockhold e Dan Henderson. Mas a explosão e vitalidade podem se dar ao fato do antigo tratamento de reposição hormonal que Vitor recorria, sendo que essa será a primeira vez que ele lutará sem esse auxílio. 
 Como em sua luta contra Jon Jones, Vitor mostrou que ao passar dos rounds o seu rendimento cai drasticamente, e talvez esse seja o ponto em que Weidman queira tocar, evitando a trocação perigosa no início da luta, recorrendo a levar o combate para a grade (usando seu grappling) e até para o solo, assim cansando os braços e pernas do brasileiro.
 Já Vitor deve evitar esse jogo, se desvencilhar de qualquer tipo de luta agarrada e partir para a trocação, e se caso for quedado, procurar se levantar o mais rápido possível ou procurar uma finalização (já que é faixa preta de Jiujitsu). Porque tentar lutar wrestler com um All-American será perda de tempo.
  

UFC 187 - Card Completo
23 de maio, em Las Vegas (EUA)
CARD PRINCIPAL
Peso-meio-pesado: Daniel Cormier  x Anthony Johnson
Peso-médio: Chris Weidman x Vitor Belfort
Peso-leve: Donald Cerrone x John Makdessi
Peso-pesado: Travis Browne x Andrei Arlovski
Peso-mosca: Joseph Benavidez x John Moraga
CARD PRELIMINAR
Peso-mosca: John Dodson x Zach Makovsky
Peso-meio-médio: Josh Burkman x Dong Hyun Kim
Peso-médio: Uriah Hall x Rafael Sapo
Peso-palha: Rose Namajunas x Nina Ansaroff
Peso-meio-médio: Mike Pyle x Colby Covington
Peso-leve: Leo Kuntz x Islam Makhachev
Peso-mosca: Josh Sampo x Justin Scoggins
Share on Google Plus

About UDMMA - Mundo das Lutas

UDMM - Mundo das Lutas - Eventos do UFC, Notícias e muito mais - Desde 2014.