Jon Jones pode ficar até 100 dias internado e corre o risco de perder o cinturão

____________________________

Jon Jones pode ficar até 100 dias internado  - Psiquitra fala do tratamento de Jon Jones

O Psiquitra Alessando Alves, que é diretor da Associação Brasileira de
Alcoolismo e Drogas, falando hoje ao SporTV, falou como é o tratamento de um dependente quimico em cocaína e como será o tratamento de Jon Jones, que anunciou a sua internação ontem depois de ser pego no exame anti doping no dia 04/12 - Leia Aqui

Em relação ao tempo em que vai ficar se tratando e retorno às lutas, o psiquitra disse que depende do modelo de tratamento, mas ele garantiu que pode ser 45, 60, 90 a 100 dias, e ressaltou que a preocupação é a questão da psico-fobia, ou seja, o preconceito que outros podem ter com ele e que o proprio Jon Jones pode desenvolver de si mesmo.
Curta a nossa página no Facebook
Siga-nos no Twitter
Como será o tratamento:
Jon Jones vai ficar longe de sociedade, isso tudo para impedir que ele tenha contato com os amigos e pessoas que possam lhe passar drogas. As pessoas próximas, das qual ele terá apoio psicologico, serão apenas os da familia

" A internação é o momento onde ele irá ficar afastado da sociedade, para que fique totalmente afastado do uso e dos contatos com quem ele tem relacionado ao uso de drogas. Nesse tratamento ele recebe apoio médico especializado, psico-terapia, ele recebe apoio também de terapia familiar, para que possa rever as condições dele quanto ao uso de cocaína e ser reinserido à sociedade" Fonte
Jon Jones ainda corre risco de perder o titulo dos meio-pesados:
Nada está garantido em relação em relação ao titulo dos meio-pesados para Jon Jones. Isso porque 
 A Comissão Atlética de Nevada ainda vai divulgar o resultado do exame anti-doping feito durante o UFC 182. Caso seja novamente flagrado, Jon Jones dará adeus ao cinturão.
UDMMA - Mundo das Lutas com ajuda do SporTV
Share on Google Plus

About UDMMA - Mundo das Lutas

UDMM - Mundo das Lutas - Eventos do UFC, Notícias e muito mais - Desde 2014.